Home / Notícias / Aston Martin DB5 e o 007

Aston Martin DB5 e o 007

O agente 007 é conhecido pelas mulheres bonitas e carros de luxo. Dentre esses carros, nenhum foi mais icônico para a franquia de filmes do que o Aston Martin DB5.

O DB5 foi lançado em 1963 na Inglaterra e possuía motor de 6 cilindros, sendo capaz de atingir 230 km/h.

A primeira aparição do carro nos filmes foi no Goldfinger de 1964, o terceiro filme do 007. No entanto, poucos sabem que o verdadeiro modelo reservado para Bond foi o Aston Martin Mark III. Essa informação está presente no livro do filme. Porém, o DB5 acabou ganhando por ser mais chamativo.

 

Uso do Aston Martin DB5 pelo 007

Como registrado nos filmes do agente, o primeiro ator a dirigir o veículo foi Sean Connery. Além disso, o carro também fez parte do filme Thunderball em 1965, e o mesmo ator foi responsável por viver na pele de Bond.

Depois dessas “atuações” do DB5 como parceiro de 007, ele só retornaria às telas em 1995, no glorioso filme Goldeneye. Na época, quem representava o agente era o ator Pierce Brosnan.

O filme Goldeneye foi inesquecível para o Aston Martin DB5, pois há uma cena em que o veículo é utilizado para perseguir uma Ferrari F355.

Dois anos depois o carro foi utilizado no filme O Amanhã Nunca Morre, onde o nosso querido 007 ainda era representado por Brosnan.

De 2006 em diante, o DB5 passou a ser utilizado pelo Daniel Craig… quer dizer, pelo James Bond, mas um pouco diferente dos outros filmes - ao que parece o agente faz muitas cirurgias plásticas!

Em 2006 temos o belíssimo carro em Cassino Royale, e em 2012 no Skyfall, o último filme lançado da franquia.

Ao decorrer do filme, mais precisamente na parte da viagem para a Escócia, M diz que o carro não é muito confortável. O que não é confortável? Estar sentada no veículo mais marcante de uma franquia com quase meio século não é confortável? Me diga algo que é confortável para você, minha querida M!

O mundo de hoje não tem respeito com as relíquias do passado, não é mesmo?